Publicado em Deixe um comentário

CLORAMINAS O GRANDE PERIGO NAS PISCINAS

CLORAMINAS O GRANDE PERIGO NAS PISCINAS!
Quando discutimos ou falamos sobre tratamentos para a água da piscina, entro sempre no
item das cloraminas, mas sempre de uma forma um pouco rápida, agora vamos aprofundar um pouco sobre as cloraminas. Por ser um assunto de relevante importância, hoje vou explicar melhor o que são e como devemos combater as cloraminas.

cloraminas-panozon-800x186

Quem acompanha o nosso blog e já fez o nosso curso de tratamento de água de piscina, sabe
que a cloramina é um subproduto gerado pela reação do cloro com matérias orgânicas
presentes na água tais como suor, fezes, cremes, urina, é a verdadeira responsável por todos
aqueles desconfortos geralmente atribuídos ao cloro, como a irritação dos olhos,
ressecamento da pele e dos cabelos, dor de ouvido, cheiro forte na água, que os banhistas
confundem com o cloro o que não é, pois o cloro usado de acordo com a ABNT em piscinas
não possui odor.

Temos um grande problema, sabemos com base cientifica que cloramina é nociva e catalisa
os problemas alérgicos e respiratórios, pois agride as mucosas e os tecidos do pulmão. Tudo
isso foi comprovado como já disse baseado em estudos científicos, que comprova que a
exposição prolongada e contínua a essa substância provoca sérios danos às vias respiratórias,
em que pessoas alérgicas são alvos vulneráveis e consequentemente mais propensos, ao
desenvolvimento da asma e outras doenças.

como-evitar

Quando temos consciência de todos esses inconvenientes, causados pela cloramina a primeira reação que temos é a de eliminar por completo o uso do cloro ou até mesmo não entrar em piscinas que não conhecemos o tratamento, esse segundo pensamento eu concordo, já o primeiro, de eliminar o cloro, sou totalmente contra! Temos uma ABNT de tratamento de água de piscina, em que o uso do cloro é obrigatório, pois como sabemos o cloro é o único elemento químico que possui propriedade residual oxidante, isto é permanece na água, por muito tempo matando bactérias protozoárias e outros indivíduos. Então como devemos combater as cloraminas? Simples sempre mantendo os parâmetros da água da piscina de acordo com a ABNT, claro que existem figuras que iram dizer que junto com o tratamento do cloro poderíamos também optar um tratamento que tenha propriedade oxidante, para que possamos combater as cloraminas, na verdade podemos eliminar as cloraminas, usando apenas o cloro, é só seguir passo a passo o tratamento, que ensinamos no nosso curso .

Publicado em Deixe um comentário

Como identificar, tratar e remover algas em sua piscina

Como identificar, tratar e remover algas em sua piscina

Durante o verão, as algas podem ser um grande problema para os proprietários de piscinas.

Com as temperaturas mais altas durante este período , bem como o tratamento incorreto da água da piscina , as algas agradecem a esses catalisadores e surgem rapidamente deixando os proprietários de piscinas angustiados e perplexos.

Afinal o que são as Algas e o que fazem?

Como identificar, tratar e remover algas em sua piscina

As algas são plantas unicelulares que se utilizam do processo de fotossíntese para fabricar seu próprio alimento. Existe uma grande variedade de formas e cores e se adaptam praticamente em qualquer ambiente. Podemos ver a presença dessas algas até na vasilha que colocamos água para os nossos animais .

Como é minúscula só vemos praticamente em um microscópio, quando vemos as algas a olho nu ,significa que já existem centenas de milhões, dessas plantas unicelulares, nas nossas piscinas nesse estagio vamos gastar dinheiro e tempo para termos uma piscina equilibrada, a invasão de algas em uma piscina é uma alerta que a sua piscina não esta sendo limpa, da forma correta, os freqüentadores estão correndo um serio risco de contrair doenças.
Algas verdes

Conheça o Curso Piscinólogo e saiba como se tornar um Especialista em Tratamento e Limpeza de sua Piscina.

Agora vamos conhecer os tipos de Algas que podem ser encontradas na Piscina

Algas Verdes

Como identificar, tratar e remover algas em sua piscina

A forma mais comum de algas que encontramos nas piscinas é a alga verde, essas algas (variam de cor de verde azulado a verde-amarelo a verde escuro) podem estar flutuando livremente na água ou podem aderir à parede da piscina.

Algas verdes podem ser tratadas de forma bastante simples com a quantidade correta de algicida de choque e escovar toda a piscina para que as algas se desprendam das paredes.

Tratamento: Ter água de sua piscina totalmente equilibrada tem que ajustar todos os parâmetros da água da piscina seguindo as normas de nossa ABNT: PH, cloro livre, alcalinidade e dureza cálcica. Sempre verificando o processo de filtragem da piscina, pois esse processo é fundamental para termos uma água equilibrada e assim ficarmos livres das algas.

Algas Pretas

Como identificar, tratar e remover algas em sua piscina

“Algas Pretas” (algas verde-azuladas) formam-se em rachaduras e fendas nas superfícies das piscinas, especialmente no rejunte dos azulejos, encontramos algas pretas crescendo, mas não se limitando a, áreas de sombra da piscina. É conhecida por uma camada de lodo pesado e impermeável, geralmente não tem qualquer efeito sobre a clareza da água.

Tratamento: Seguir as mesmas orientações do tratamento das algas verdes com uma atenção especial para a escovação.

Existem outros tipos de algas, no entanto o tratamento é praticamente o mesmo, o importante e que os proprietários de piscinas estejam atentos, pois a presença de algas em nossas piscinas é um alerta que elas não estão sendo bem cuidadas, e nossas piscinas podem se tornar um vetor de muitas doenças.

Quer se tornar um Especialista no Assunto? Conheça o Curso Piscinólogo e saiba como acabar não só com as Algas, mas tornar a sua Piscina um bom ambiente para seus amigos e familiares

Publicado em Deixe um comentário

Esclareça suas dúvidas e cresça como Piscinólogo

“Trabalho há 19 anos limpando já cheguei a limpar sozinho 30 piscinas, mas confesso que já pensei em desistir, muitas pessoas não dão valor no seu trabalho e a cada dia surge curioso cobrando barato…”

Hoje, aproveitando o comentário do Rubens Leandro Nunes quero contar uma história para os profissionais que trabalham na área de piscina e dizem que não estão ganhando o salário adequado com a profissão, pois toda hora aparecem profissionais que cobram valores menores e os donos de piscinas contratam, não valorizam os profissionais mais preparados.

Os donos de piscina, normalmente, desconhecem os riscos embutidos em uma piscina mal tratada. Eles precisam ser informados sobre todo o processo do tratamento para equilibrar quimicamente de acordo com as normas da A.B.N.T. e devem receber um relatório do profissional que trata a água, ou seja os clientes, os proprietários, precisam saber que o responsável pelo tratamento das piscinas é, na realidade, um parceiro na promoção e manutenção da qualidade de vida deles.

Quer saber como ser um Piscinólogo Profissional !??! Veja como AQUI

Esclareça suas dúvidas e cresça como piscinólogo

Vou contar algo que aconteceu comigo. Quando era estudante eu ganhava alguns trocados instalando redes de proteção que um amigo fazia, instalamos redes em várias piscinas e sempre encontrava os piscineiros que apenas jogavam cloro na água, escovavam a piscina e iam embora!! Eu olhava aquilo e me incomodava, como os donos de piscina que tinham tanta grana não se preocupavam com a saúde!! Como estudante de Química eu sabia o quanto era importante equilibrar e monitorar quimicamente a água para mantê-la saudável. A minha resposta veio rapidamente, eles não sabiam do perigo que estavam correndo!!

Esclareça suas dúvidas e cresça como Piscinólogo

Resumindo, entrei no mercado. Quando ia instalar rede eu levava um kit teste e mostrava para o cliente que a água da piscina não estava de acordo com os padrões e explicava as inúmeras doenças que uma água de piscina pode transmitir. Eles ficavam estarrecidos e perguntavam quem poderia cuidar da piscina e eu dizia – eu! Na época eu era muito novo e eles me olhavam assustados, mais tinha firmeza no que falava, e fui crescendo… e olha que o meu preço era o dobro dos piscineiros!

Eu dava explicações técnicas verdadeiras, como por exemplo, que o volume de água da piscina exige uma quantidade x de produtos químicos e que é necessário um conhecimento maior, uma dedicação diferente da que eles estavam recebendo. O tratamento correto não se resume apenas ao cloro, ou seja, eu era claro e honesto com o meu cliente. E o que me fez iniciar este projeto foi perceber que 20 anos depois, as coisas continuam muito parecidas! O desconhecimento e o despreparo imperam! A minha proposta é vamos esclarecer e profissionalizar Piscinólogos!! Veja como

Gostou do conteúdo? Curta, indique, Compartilhe! Dúvidas? Deixe nos comentários!!

Publicado em Deixe um comentário

Porque tratar bem a água da Piscina

Você já se perguntou porque tratar bem a água da Piscina !?!?

Simples, para desfrutar de uma tarde de sol e se refrescar em uma piscina é sempre uma ótima opção de lazer. Mas para a diversão ser garantida alguns cuidados devem ser tomados para manter a boa qualidade da água e garantir que a saúde dos frequentadores não seja colocada em risco.

O Brasil ainda não possui regras bem definidas para a construção, a manutenção e o uso de piscinas. A contratação de um profissional qualificado para tratar da água da piscina é o mais indicado para quem quer ter uma piscina livre de vírus, fungos e bactérias. E não precisa ser um especialista em química para tratar bem uma piscina. Com produtos de qualidade e o uso correto deles é possível ter sempre e, de maneira simples, água transparente e saudável.

A limpeza de piscinas é um processo relativamente fácil, porém, com várias etapas e procedimentos técnicos que devem ser seguidos de forma criteriosa para que no final a água esteja limpa, cristalina e, o mais importante, saudável para o banho, não representando nenhum perigo para os usuários. Todos nós sabemos, por exemplo, como as crianças ingerem acidentalmente água de piscina, se ela estiver contaminada, o que seria diversão transforma-se em fonte de sofrimento e preocupação. Leia no artigo Passo a Passo para fazer a limpeza da Piscina e cuide bem da saúde de sua Família e Amigos que frequentam a sua Piscina. 

Porque tratar bem a água da Piscina

Porque tratar bem a água da Piscina

Nós temos uma grande afinidade com a água isso é inegável. Somos praticamente água, temos aproximadamente 70% deste elemento em nossos corpos! No nosso dia a dia a água nos acompanha vinte e quatro horas, todos sabemos, por exemplo, da importância da ingestão de muita água. Se formos falar das características físico-químicas da água com certeza iremos descrever características que só esse líquido possui e olha que os estudiosos da água continuam descobrindo muitas características até então nunca vistas.

Justamente é por isso que devemos tratar bem a água da Piscina. Não entendo como as pessoas em pleno século vinte e um não se preocupam com a saúde da água da piscina e consequentemente com a sua própria saúde, pois a maioria absoluta das águas de piscina não estão aptas para o banho!!

Quando somos sócios de um clube somos obrigados a fazer um exame médico. De posse desse exame, podemos dar um mergulho nas águas da piscina. A questão é ninguém pede esse exame e muitas pessoas podem não está com uma saúde de aço. E caso entre em uma piscina contaminada corre um risco real de arranjar uma doença.

Ficar Doente!! Os clubes deveriam apresentar os parâmetros da água da piscina, seguindo as normas da A.B.N.T.(Associação Brasileira de Normas Técnicas para tratamento de água de piscinas).

A minha missão é garantir que os banhistas possam desfrutar de uma piscina equilibrada e saudável, livre de doenças contagiosas e até mesmo mortais!!

A nossa responsabilidade aumenta quando temos uma piscina em casa, em que somos os responsáveis.

Eu deixo algumas perguntas, se você souber responder muito bom, se não, você pode colocar a saúde de sua família, amigos ou clientes em risco!!

Os seguintes parâmetros da água de sua piscina estão corretos? Ph, Alcalinidade, Cloro livre, dureza cálcica, cloroaminas?  Não sabe o que significa esses nomes ? Explico tudo no artigo – Entenda o que significa Piscina bem Tratada

Publicado em Deixe um comentário

Entenda o que significa Piscina bem tratada

Piscina bem tratada é diversão garantida ! Depois de retirar da Piscina os detritos visíveis é hora de cuidar dos elementos que não são vistos a olho nu: os fungos, vírus, protozoários e as bactérias.

Nessa etapa a Água da Piscina deve ser tratada quimicamente para tornar-se balanceada – não provocando irritações na pele e olhos – e saudável, livre de qualquer elemento que coloque em risco a saúde dos banhistas.

Entenda o que significa Piscina bem tratada

Começaremos falando de Tratamento Químico

São quatro parâmetros que devem ser observados no tratamento químico da água: pH, alcalinidade, dureza cálcica e teor de cloro na água. Cada um desses elementos são medidos e corrigidos com aparelhos e insumos próprios, adquiridos em lojas de produtos para manutenção e limpeza de piscinas. Quero alertar sobre esses quatro indicadores fundamentais, que devem ser considerados na hora de monitorar e equilibrar quimicamente a Água da Piscina.

Como ter Piscina bem Tratada ?

Tratamento Químico é a Resposta. E tenho recebido muitas dúvidas e fico preocupado, pois uma Piscina Desequilibrada com certeza, provocará uma série de desconforto aos Banhistas, sem falar em doenças.

Resolvi detalhar melhor  Como Equilibrar Quimicamente a Água da Piscina. Como já mencionei, alguns Parâmetros devem continuamente ser Monitorados. Entendam melhor:

  • Alcalinidade – é o primeiro que devemos avaliar, pois fora dos níveis ideais provocará uma série de dificuldades como: ajustar o PH fica mais complicado, Água Turva, Opaca, sem Brilho, Formação de incrustações nas  tubulações da Piscina, Água Corrosiva, Água esverdeada entre outros. E ainda teremos uma gasto excessivo com Produtos Químicos !

Mas Afinal,  o que é Alcalinidade ? Imagine certa quantidade de substâncias presente na Água da Piscina, capaz de Neutralizar Ácidos. Explicando de forma mais simples, a Alcalinidade funciona como um Tampão, estabilizando o PH (linguagem mais simplificada).

Para medir a Alcalinidade você precisa de um Estojo (também chamado de Kit) encontrado em lojas que comercializam Produtos ou Materiais para Limpeza e Manutenção de Piscinas. O índice Ideal varia entre 80 e 120 PPM.  

Realize os seguintes passos:

  • Mergulhe o Medidor e colete a Água da Piscina em torno de 40 cm de profundidade.
  • Coloque a quantidade  de reagente indicada pelo Fabricante.
  • Tampe o Frasco e Agite para que tudo fique homogêneo.

Assim você terá o resultado rapidamente. Agora é só ajustar a Alcalinidade com os Produtos Químicos adequados.

Ajustada a Alcalinidade vamos agora ajustar o PH, usando o equipamento do Estojo*. Faça o mesmo procedimento (semelhante ao realizado para Alcalinidade). O PH ideal é entre 7.2 e 7.8. Pessoalmente ajusto entre 7.3 e 7.5. Se o PH estiver fora dessa margem precisará usar o Produto para elevar ou diminuir o PH. Tudo dependerá do resultado do Teste.

* Normalmente o Estojo contém material para medir o PH, Alcalinidade, Cloro, Dureza Cálcica e Cloroaminas.

Depois que a Alcalinidade e o PH estiverem corrigidos , partimos para o Cloro. É muito importante o Equilíbrio desse parâmetro. A falta do Cloro pode causar a Proliferação de Bactérias, Fungos, Vírus e Protozoários e em excesso, irritação nas mucosas, os olhos ficam irritados ! O ideal é que o Cloro esteja na faixa de 1 a 3 PPM. Faça a Medição (mesmo procedimento feito antes). Se estiver acima espere o Cloro evaporar. Muitos Tratadores de Piscinas drenam a Água e completam com Água sem Cloro, isso permite que o Cloro fique diluído – eu NÃO aprovo esse procedimento! Afinal estamos vivendo uma crise de falta de água. Precisamos aprender a valorizar e preservar esse elemento importantíssimo para todos os seres vivos. Aconselho simplesmente deixar o cloro evaporar.  

Dica: sempre colocar o cloro no final da tarde, preferência até usar no período da noite. Com isso, a eficiência do cloro será maior com um gasto menor !!! Depois de realizar todas as correções, recomendo oxigenar a Água, mantendo a Bomba da Piscina ligada na posição de Filtrar por pelo 4 horas por dia. A movimentação da água ajudará na ação dos Produtos Químicos.

Já pensou em Transformar essa atividade de saber cuidar e manter uma Piscina bem tratada em Profissão ?!? Veja como podemos te ajudar

Curso Piscinólogo
Publicado em Deixe um comentário

Porque adotar alguns cuidados antes de entrar na Piscina é essencial

Porque adotar alguns cuidados antes de entrar na Piscina é essencial

Para que o Banho de Piscina seja realmente uma fonte de alegria, brincadeiras, exercícios saudáveis é muito importante instruir o banhista adotar alguns cuidados antes na entrar na Piscina, aliás é ponto essencial

Porque tratar bem a água da Piscina
  • Utilizar uma ducha para retirar o excesso de protetor solar e/ou bronzeador antes de entrar na piscina. Isso evita o acúmulo de gordura na borda da piscina;
  • Não urinar na piscina. As toxinas presentes em nosso Organismo podem contaminar a água, principalmente se ela não estiver equilibrada.
  • Verificar com frequência a fralda descartável dos bebês. Caso esteja suja, trocar imediatamente e longe da piscina. Fezes e urina, enfatizo, podem contaminar a água.
  • Evitar materiais de vidro ao redor da piscina. Eles podem quebrar e causar ferimentos nos banhistas.
  • Não comer na área próxima à piscina. Alimentos também podem contaminar a água

Doenças presentes em Água de Piscina

Problemas da Água da Piscina que geram Contaminação da água:

Contaminação fecal:

  1. banhistas: acidente fecal e material fecal residual lavado na piscina (cuidados de higiene) – vírus,bactérias, protozoários
  2. ambiente: animais (roedores, aves,etc.)

Contaminação não-fecal:

  1. banhistas: vômitos, secreções nasais, saliva e pele – vírus, fungos, bactérias (oportunistas)
  2. ambiental: animais

Boas Práticas de Higiene para Banhistas

  • Tomar banho em casa antes de sair ou antes de utilizar a piscina
  • Utilizar a ducha antes de entrar na piscina
  • Utilizar os lava-pés antes de entrar na piscina
  • Estabelecer pausas freqüentes para levar as crianças ao banheiro
  • Lavar as mãos com água e sabonete esfregando-as bem após o uso do toalete e após a troca de fraldas
  • Lavar as crianças com água e sabonete após a troca de fraldas ou após o uso do toalete, antes do retorno à piscina
  • Não entrar na piscina se estiver com diarréia
  • Não engolir água da piscina

Dicas Importantes:

  • Não se apavore e evite banhos de piscina daqui para a frente.Apenas escolha um bom clube ou piscinas de pessoas que conheça e confia, tendo a certeza que realizam o Tratamento Físico e Químico Adequada.
  • Evite locais superlotados e preste atenção ao tratamento e limpeza da água. Caso desconheça como é esse Tratamento, verifique no artigo – Passo a passo para fazer a limpeza da piscina
  • E nunca se esqueça de que, ao sair da piscina, é imprescindível passar por água corrente. Depois tome um banho mais cuidoso, com sabonete e esponja, massageando bem a pele para tirar todo o cloro remanescente. Aproveite a ocasião para lavar os cabelos com shampoo anticloro.
Publicado em Deixe um comentário

Conheça os objetivos do Tratamento de Águas de Piscinas

Os objetivos do tratamento de águas de piscinas baseiam-se em

  • Água Limpa
  • Água Balanceada
  • Água Saudável
Conheça os objetivos do tratamento de águas de piscinas


A Água Limpa consiste em boa aparência, sendo cristalina, livre de sujeira vista a olho nu e transparente.

Já a Água Balanceada é aquela que não causa irritações em geral, como olhos, pele ou mucosas. Outro fator importante é que também não danifique os equipamentos por conta das questões químicas (pH, Alcalinidade total e dureza cálcica ajustadosna faixa ideal)

Como o nome propriamente diz a Água Saudável é pura, ou seja, livre de livre de qualquer tipo de microorganismo (causador ou não de doenças), da presença de odores ofensivos, do acúmulo de materiais orgânicos e inorgânicos e colorações estranhas.

Desafios de um Piscinólogo – Especialista em Tratamento de Águas de Piscinas

O ideal é ter esses Pontos alinhados, ou seja, ter a Água Limpa, Balanceada e Saudável.

Para conseguir isso, em cada um destes itens é necessário tratamento específico. Apesar de serem interdependentes, como as pernas de um tripé: se uma delas não estiver firmemente apoiada, o conjunto todo despenca.

Vamos desenvolver melhor o assunto para você entender. A Água perfeitamente saudável, livre de microorganismos, pode ser corrosiva, irritante e apresentar péssima aparência. No entanto, a Água límpida e transparente pode estar contaminada com bactérias, fungos e vírus causadores de doenças.

Imagine para uma pessoa que não entenda do assunto, ou mesmo, que tente mas não saiba o que fazer. Essas situações geram Piscinas desequilibradas Quimicamente causando alguns danos a Saúde.

Conheça os objetivos do tratamento de águas de piscinas 2

A Função de um Piscinólogo  é apresentar e executar um moderno tratamento, visando atingir e manter esses três objetivos de forma simples, eficaz e econômica.

Basicamente devemos saber que

  • Água limpa é aquela livre de sujeira física visível. É obtida pelos processos de limpeza física: filtração, aspiração, peneiração e limpeza dos cestos pré-filtros e das bordas da piscina.
  • Água balanceada é aquela que não produz irritação nos olhos e mucosas dos banhistas, não corrói equipamentos, cimento ou argamassa e também não deposita incrustações sobre as superfícies submersas. Conseguimos água balanceada mantendo o pH, a alcalinidade total e a dureza cálcica dentro da faixa ideal e em equilíbrio harmônico entre si.
  • Água saudável é aquela que é mantida devidamente desinfetada, livre de germes  (vivos ou mortos, causadores ou não de doenças), de substâncias orgânicas que possam servir de alimento para microrganismos e de outros contaminantes orgânicos ou inorgânicos que possam deteriorar seu aspecto, cor, odor ou comprometer a desinfecção e causar qualquer tipo de desconforto ao banhista. Água saudável é obtida por tratamento químico criterioso que combine três funções imprescindíveis:
  • oxidação
  • estabilização
  • desinfecção

Quer aprender realizar esse Processo do Tratamento de Águas de Piscinas ?

Parece algo impossível as pessoas que nunca tiveram contato com essas informações, mas não é nada disso.

Para tornar esse processo de aprendizado mais eficaz o Piscinólogo Mauricio Nogueira criou o curso Piscina – Torne-se um Especialista em Tratamento de Água de Piscina. Veja  o que ele diz sobre o Assunto nesse link.

Publicado em Deixe um comentário

Cuidados com a Piscina no Calor

Que tipos de cuidados com a Piscina no calor temos que ter ?!?!

A Natureza cada vez mais está descontrolada. Não conseguimos mais saber que clima teremos nas Estações do ano como fazíamos antigamente. Muitas vezes, percebemos praticamente as características do Clima das quatro Estações num único dia. Esses são fenômenos que mexem com a vida de qualquer ser vivo.

A vantagem das informações serem de âmbito mundial abordaremos sobre a influência do Calor nas Piscinas e os Cuidados que devemos ter.

Cuidados com a Piscina no Calor

Tipos de situações que o Calor provoca na Piscina

Com altas temperaturas em muitas regiões do mundo, a piscina é uma ótima opção para aliviar este calor escaldante. Quem possui uma piscina no seu quintal com certeza é um privilegiado, mas esse privilégio vem carregado de responsabilidade porque toda piscina tem que ser tratada adequadamente independentemente dela estar ou não sendo usada. Muitos costumam viajar nessa época e esquecem que água de piscina sem tratamento é tudo de bom para os mosquitos da dengue por exemplo.

Por isso, chamo a sua atenção para alguns pontos: a Evaporação da água ocorrerá com maior intensidade, consequentemente o uso de produtos químicos irá aumentar, principalmente o uso de cloro.

Temos que levar em conta também o aumento do número de Banhistas e a Contaminação!

A piscina – a sem capa ainda mais – fica exposta a chuva, poeira, detritos, pequenos animais e insetos, que caem na água, começam a fermentar, mais rapidamente agora estimulados pelo calor, se decompor e comprometer a qualidade da água.

A manutenção de uma piscina não é coisa de outro mundo, no entanto, exige dedicação e regularidade.

Temos que estar atentos com o cloro livre, a cloração é feita para higienizar a piscina por isso é um item fundamental, que deve ser acompanhado com atenção, pois ele irá destruir as algas e bactérias, esterilizando a piscina.

Escolha o cloro mais eficiente para sua piscina, coloque e monitore os resultados. Verifique o ph nesse verão no mínimo duas vezes por semana, lembrando que o ph deve estar na faixa de 7.2 a 7.6, nesse nível o cloro será mais eficiente. Água muito ácida corrói os equipamentos da piscina e muito básica deixará a água turva e, nos dois casos, pode também comprometer a saúde dos banhistas.

Nunca esquecer a alcalinidade pois nada ficará equilibrado numa piscina se a alcalinidade estiver fora do padrão.

É comum o aparecimento de algas pois chuva e calor funcionam como catalisadores para elas, use algicidas para combater.

A escovação e aspiração da piscina irão praticamente concluir o processo.

Agora é só ligar o filtro e aproveitar a sua piscina para se refrescar!!

Quer relembrar ou aprender o Passo a Passo para fazer a Limpeza da Piscina ?  Leia o artigo e tenha mais informações.

Publicado em Deixe um comentário

Limpeza da Piscina. Como deixá-la livre da Sujeira

Sabemos que a Limpeza da Piscina é composta por 2 Processos: Físico e Químico. Dê uma olhada no artigo – Conheça os objetivos do Tratamento de Águas de Piscinas – e entenda quais os objetivos do Tratamento da Água.

O assunto que é mais que importante é sobre a Primeira Etapa dessa Limpeza: Tratamento Físico. Nessa fase realizamos a retirada de sujeiras visíveis a olho nu.

O tratamento físico é uma etapa essencial para a boa qualidade da água de uma piscina. Nessa fase do processo é feita a retirada de impurezas como folhas, insetos e sujeiras depositadas no fundo e nas bordas da piscina. Os materiais básicos para esse tratamento físico são esponja, detergentes neutros e biodegradáveis, aspirador, peneira e escova.

Limpeza da Piscina. Como deixá-la livre da Sujeira

Mãos a obra na Limpeza da Piscina.

Tão importante quanto o químico, o tratamento físico completa o ciclo de limpeza saudável de sua piscina. Ele se dá pela utilização do sistema de filtragem da piscina, aspiração de sujeiras depositadas no fundo, escovação das paredes e limpeza das bordas da piscina. O tempo correto de filtragem de uma piscina contribui consideravelmente para qualidade e aspecto da água, sendo que também é fator determinante na mistura homogênea dos produtos químicos na água.

E a Dica é – Quanto mais prolongado o tempo de filtragem, melhora a qualidade da Água e menor o Consumo de Produto Químico (Tratamento Químico)

Limpeza da Piscina. Como deixá-la livre da Sujeira 2

Passo a Passo da Limpeza da Piscina

O primeiro passo é esfregar a borda da piscina com uma esponja e um produto chamado limpa-bordas. Isso vai retirar a gordura e outras sujeiras que estiverem impregnadas nas paredes. Durante essa lavagem é importante não utilizar muito detergente, evitando que, posteriormente, seja utilizado mais cloro na piscina.

Feita a escovação das bordas, você deve partir para o recolhimento de folhas, insetos ou outros materiais que estejam suspensos na água, utilizando uma peneira. Retire da água a maior quantidade possível da sujeira que esteja visível. Com isso você vai utilizar menos produto para decantar o resto dos detritos.

O terceiro e último passo do tratamento físico é a aspiração. Agora é hora de jogar na piscina um produto chamado decantador – líquido que vai se juntar com as sujeiras ainda presentes na água e vai levá-los para o fundo da piscina. Após 24 horas de o produto ter sido jogado na água, é hora de aspirar o fundo da piscina. Esse trabalho deve ser feito com muita calma para movimentar o mínimo possível a sujeira que está no fundo da piscina.

Feito todo esse trabalho, sua piscina deve estar com a água limpa, ou seja, com boa aparência, transparente, cristalina e livre de sujeira visível. Mas não se engane. Apesar de a água estar transparente ela pode não estar balanceada quimicamente e nem saudável!!! Abordamos com mais detalhes sobre isso no artigo – Entenda o que significa Piscina bem tratada.

Publicado em Deixe um comentário

O limpador de piscina e sua saúde

O que você acha que o limpador de Piscina tem haver com sua saúde? Se você opta por esse profissional para limpar sua piscina veja os cuidados necessários.

Sabemos da importância da Limpeza da Piscina, aliás, os cuidados com a Piscina. Abordamos com mais detalhes no artigo Conheça os objetivos do Tratamento de Águas de Piscinas.

A limpeza Física é um tarefa até que simples, mas o ideal para garantia da saúde das pessoas que frequentam sua Piscina é um tratamento completo.

O que quero compartilhar nesse artigo é sobre O limpador de piscina e sua saúde

Eu tenho piscina na minha residência e eu mesmo cuido de todos os parâmetros da água, no  entanto como tenho tido pouco tempo. Para manter não só minha saúde como de minha família,contratei um piscineiro para ir a minha residência uma vez por semana.

O que deixei na responsabilidade dele é o procedimento de fazer a parte física que é escovar a piscina e tirar alguma sujeira que estiver na água, o restante eu faço questão de fazer pois está relacionado a questão de segurança e saúde !!!

Vou explicar melhor, todo o material que precisa para limpar uma piscina eu tenho, ou seja o meu material só é usado na minha piscina não é de uso coletivo!!! (o piscineiro usa o mesmo material para todas as piscinas) o cloro que é usado eu mesmo compro e aplico o melhor que existe no mercado, pois esse item é fundamental (irá eliminar os fungos bactérias etc….).

Continuando, faça você mesmo eu tenho um kit que uso para medir todos os parâmetros da água da minha piscina que são: cloro livre, alcalinidade,PH,dureza cálcica e cloro aminas e todos esses parâmetros estão rigorosamente de acordo com a ABNT ( associação brasileira de normas técnicas) a minha preocupação é se você não está entendo o que eu estou falando e tem uma piscina em casa ou frequenta piscina é bom você ficar alerta pois talvez você e sua família estejam expostos a uma série de doenças !!!

Agora tenho um convite especial para aprender a Tratar sua Piscina

Sou especialista no Tratamento de Piscinas, o que chamo de Piscinólogo. Durante muitos anos atuei nesse segmento e tenho muita experiência para compartilhar sobre assunto.

Explico melhor nessa Página – Seja um Especialista em Tratamento de Água de Piscina agora mesmo